top of page

Notícias | Informações

01

PESQUISE

02

LEIA

03

PARTILHE

04

@GLNP

A Constituição de Anderson, de 1723: Uma Declaração do Iluminismo


As Constituições de 1723, um documento fundamental da Maçonaria, são uma declaração dos princípios do Iluminismo.


As Constituições de 1723 foram escritas na Grã-Bretanha.


A Constituição de Anderson, de 1723 foram escritas num período de grande agitação política e religiosa na Grã-Bretanha, e refletem os valores da igualdade, tolerância e razão que eram centrais para o Iluminismo.


Contexto histórico


As Constituições de 1723 foram escritas no contexto da Revolução Gloriosa de 1688, que estabeleceu um regime constitucional na Inglaterra. No entanto, a ameaça do absolutismo ainda era real, e a Maçonaria oferecia um espaço para homens de diferentes classes, religiões e crenças políticas reunirem-se e discutirem as ideias.


Influência do Iluminismo


As Constituições de 1723 refletem os valores do Iluminismo, incluindo:

  • Igualdade: Todas as pessoas, independentemente da sua classe, religião ou crença política, são iguais aos olhos da Maçonaria.

  • Tolerância: A Maçonaria promove a tolerância religiosa e a compreensão entre pessoas de diferentes crenças.

  • Razão: A Maçonaria acredita que a razão é o caminho para o conhecimento e a compreensão.

Impacto


As Constituições de 1723 tiveram um impacto significativo no desenvolvimento da Maçonaria. Elas ajudaram a transformar a Maçonaria de uma sociedade operativa em uma sociedade especulativa, centrada no estudo e na discussão de ideias. As Constituições também ajudaram a espalhar os ideais do Iluminismo pelo mundo.


Resumo Histórico:


As Constituições de 1723 são um documento fundamental da Maçonaria que reflete os valores do Iluminismo.


As Constituições de 1723 foram escritas num período de grande agitação política e religiosa.


Escrito num período de grande agitação política e religiosa na Grã-Bretanha, as Constituições promovem os princípios da igualdade, tolerância e razão.


As Constituições afirmam que todas as pessoas, independentemente da sua classe, religião ou crença política, são iguais aos olhos da Maçonaria.


As Constituições também promovem a tolerância religiosa e a compreensão entre pessoas de diferentes crenças.


Além disso, as Constituições de 1723 acreditam que a razão é o caminho para o conhecimento e a compreensão.


As Constituições de 1723 tiveram um impacto significativo no desenvolvimento da Maçonaria. Elas ajudaram a transformar a Maçonaria, que era uma sociedade operativa numa sociedade especulativa, centrada no estudo e na discussão das ideias.


As Constituições também ajudaram a espalhar os ideais do Iluminismo pelo mundo.


As Constituições de 1723 são um documento importante da história da Maçonaria e do Iluminismo. Elas representam uma declaração de princípios que ainda são relevantes hoje e que a Grande Loja Nacional Portuguesa tem como referência.


As Constituições de 1723 são o documento fundacional da Maçonaria moderna, e a Grande Loja Nacional Portuguesa (GLNP) tem-nas como referência, pois é a Maçonaria Tradicional em Portugal.


As Constituições de 1723 reflectem os valores do Iluminismo, nomeadamente a igualdade, a tolerância e a razão. A GLNP, por sua vez, é uma organização que promove esses mesmos valores.


As Constituições de 1723 são um documento importante para a história da Maçonaria, e a GLNP está comprometida em manter esses valores vivos.

Comentários


bottom of page