Notícias | Informações

01

PESQUISE

02

LEIA

03

PARTILHE

04

@GLNP

Palavra do XIII Grão-Mestre da Grande Loja Nacional Portuguesa


# Aristides de Sousa Mendes


Há uns anos atrás apresentei na Loja Fraternidade um trabalho com o mesmo título deste. Não o fiz na esteira de nenhuma notícia ou opinião política. Fi-lo porque Aristides foi um Homem e um exemplo, que comprometeu o seu bem-estar, e o da sua família, e colocou em risco a sua vida, em prol da Humanidade.


Tudo o que ele fez, de acordo com a sua mais profunda e pura consciência humanista, foi salvar vidas. Um cristão exemplar, se se quiser dizer assim. E sim, acontece que a maior parte dessas vidas eram judeus...mas isso faz diferença? Acaso os homens, mulheres e crianças são diferentes por serem judias?


Essa consciência humanista foi condenada pelo regime, que arrastou o bom nome do Cônsul e o da sua família para a lama e o levou à pobreza extrema.


No seu palacete, outrora vibrante de vida e prosperidade, Aristides, para se aquecer na nova realidade feita de solidão escura, húmida e fria, foi obrigado a queimar portas e mobília.


Vendo a sua família desprotegida e sem possibilidades de a sustentar socorreu-se da comunidade judaica em Portugal para se alimentar...


Sim. É este um simples resumo de uma extraordinária história de vida de um Português de que todos nos orgulhamos. De que os homens livres e de bons costumes se orgulham e que a todos serve de exemplo de coragem e abnegação.


Quando vivemos num mundo onde há gente que nega as evidências, sabendo que com a ignorância das pessoas pode obter benefícios (!), como é o caso da negação da ida à Lua, das alterações climáticas, da terra ser redonda, da realidade do Holocausto, haver alguém que ponha em causa o altruísmo e heroísmo de Aristides de Sousa Mendes não é só mais um triste episódio. É uma nuvem negra que se aproxima no horizonte, que infiltra organizações e governos.


Estejamos atentos meus Irmãos, porque a Maçonaria também é permeável a estas situações se a tradição e a regularidade não forem cumpridas, se não houver cuidado nas admissões, se se tolerarem dentro das nossas Lojas princípios e ações que colocam em causa as fundações humanistas da própria Ordem.


#AristidesSousaMendes #XIIIGrãoMestre #GrãoMestre #GLNP

© 1882 - 1996 || 2020, by Grande Loja Nacional Portuguesa